Por que algumas empresas batem as suas metas e crescem consistentemente, enquanto outras permanecem estagnadas? A resposta pode estar na maneira como fazem a gestão de metas.

Bom, é verdade que existem diversos fatores por trás do sucesso de uma empresa.

E a maneira como elas estabelecem e acompanham as suas metas é um deles.

Ao longo deste artigo, você entenderá o que é e como fazer uma gestão eficiente do seu plano de metas.

Então, eu lhe pergunto…

O que é gestão de metas?

Gestão de metas significa administrar os recursos disponíveis (tempo, dinheiro e pessoas) em direção ao objetivo estratégico da empresa.

Sem dúvida, um dos pilares primordiais é estabelecer objetivos e metas desafiadores, porém alcançáveis.

No entanto, o trabalho não se encerra na definição das metas da empresa e no seu desdobramento para os departamentos e colaboradores.

A gestão das metas se estende desde o planejamento até a implementação e controle de metas, através do qual é possível corrigir qualquer desvio e conduzir os colaboradores ao alcance do resultados.

E, para isso, a tecnologia é uma poderosa ferramenta para a gestão de metas mais eficaz.

A seguir, dividimos a gestão de metas em 3 etapas e enumeramos cuidados cruciais que você deverá ter para um gerenciamento eficaz de objetivos, metas e indicadores.

1. Planejamento de metas

a. Definição de metas

gestao-de-metas-desdobramento

A chave para estabelecer metas que serão alcançadas pelas equipes tem início no planejamento adequado, isto é, já começa na sua própria definição.

Então, como definir metas?

Primeiro, cabe lembrar que as metas não podem ser estabelecidas com base em achismos ou intuição.

Elas devem ser definidas a partir dos indicadores de desempenho das empresas.

Uma meta sempre representa uma oportunidade: um valor compreendido entre o resultado atual e o melhor resultado conhecido para este indicador.

Lembrando que “o melhor resultado conhecido” pode ser encontrado a partir de algum valor histórico da própria companhia, da concorrência ou através de algum estudo de mercado.

A meta estabelecida deve capturar parte dessa oportunidade disponível.

Quanto?

Bom, o valor estipulado deve considerar as limitações de recursos como: tempo (prazo), capacidade de investimento e das equipes.

gestao-de-metas-definir

Aliás, esse é um ponto importante: metas quantificam um objetivo, por isso devem conter necessariamente um valor e um prazo.

Objetivo: aumentar as vendas

Meta: aumentar as vendas em 17% até o final deste trimestre

Tomando esses cuidados, você irá garantir que as metas traçadas são realistas e desafiadoras na medida certa.

Já abordamos aqui no blog como definir metas motivadoras, usando a metodologia SMART ou a metodologia OKR.

E, já que estamos falando sobre gestão de metas, vale frisar que essas metodologias já induzem à gestão das metas, pois estabelecem prazos e indicadores que sinalizam o atingimento.

Aliás, indicadores e metas andam de mãos dadas: não há gestão de metas sem uma gestão de indicadores.

Para fazer o gerenciamento das metas, é crucial definir indicadores de desempenho que possibilitem acompanhar e mensurar o quão distante estamos do seu alcance.

Depois de estabelecer as metas da empresa, é preciso fazer o desdobramento de metas para os diferentes departamentos, equipes e colaboradores.

b. Desdobramento das metas

gestao-de-metas-desdobramento-de-metas-controle-de-metas

As metas estratégicas da companhia são o ponto de partida e devem ser desdobradas para toda a organização, para cada nível hierárquico.

A partir dos objetivos da empresa e das metas do presidente podemos definir os indicadores de cada área, traduzindo a estratégia para os níveis gerencial e operacional.

Nesse processo, é preciso, no entanto, manter atenção a dois pontos:

  • Coerência entre indicadores:

    É preciso manter a consistência entre os indicadores de cada nível, evitando situações nas quais os coordenadores batem suas metas e o gerente não, por exemplo.

  • Priorização de metas:

    Para manter o foco e permitir a execução das estratégias elaboradas, é preciso limitar a quantidade de metas propostas para cada gestor.

As metas devem ser escolhidas em base ao seu impacto no resultado final da companhia.

No placcar, por exemplo, para demonstrar a ordem de prioridade de cada meta trabalhamos com pesos que demonstram diariamente aos colaboradores quais de seus objetivos são mais estratégicos para a empresa.

As metas mais estratégicas devem ter maior influência na Remuneração Variável ou na Meritocracia dentro da empresa e, através do software placcar, os colaboradores também podem acompanhar esse desencadeamento.

Assim, estimulamos o engajamento de equipes e colaboradores em torno dos objetivos definidos pelo planejamento estratégico.

➞ Clique aqui para conhecer mais sobre o placcar e sobre a nossa metodologia

2. Implementação das metas

gestao-de-metas-implementar-controle-de-metas

Você acha que uma empresa conseguiria atingir suas metas se os colaboradores não as conhecem?

Não!

O alcance de metas só é possível quando envolvemos toda a empresa.

Por isso, com as metas definidas, é hora de criar um plano de ação e comunicar.

Fazer a gestão das metas é também garantir que todos os níveis compreendam seus objetivos, metas e indicadores de desempenho.

Assim, cada colaborador passa a ter clareza sobre o seu impacto nos resultados da equipe e da empresa.

Clareza e alinhamento são fatores-chave para manter o engajamento, o pertencimento e a motivação da equipe.

Um dos grandes benefícios do placcar é justamente permitir que os colaboradores acompanhem de maneira simples e diária a sua performance e a da sua equipe.

Através da clareza e do alinhamento, o nosso software para gestão de equipes e negócios estimula o desenvolvimento de uma cultura de resultados na empresa.

Saber o que deve ser feito e como fazer é a chave para reduzir o nível de ansiedade, aumentar a motivação e direcionar às equipes ao que realmente traz resultados.

3. Controle de metas

gestao-de-metas-controle-de-metas

Ao longo da implementação, é preciso monitorar com frequência o desempenho em cada um dos indicadores. Isto é, é preciso monitorar e fazer um controle das metas.

O acompanhamento de metas permite identificar desvios e oportunidades à tempo de se executar as ações necessárias. Além disso, é um poderoso instrumento para os gestores darem feedbacks objetivos e constantes a suas equipes.

No entanto, para que os gerentes sejam capaz de tomar ações corretivas a tempo, é preciso ter informação atualizada e à mão sobre os principais indicadores do negócio, das equipes e indivíduos.

E é justamente aí que a maioria das empresas falha…

Quando os gestores não têm acesso simples e rápido aos resultados dos principais indicadores de desempenho, as falhas duram mais que o necessário, as oportunidades passam e a empresa perde competitividade.

Se esse é o caso da sua empresa, tenho certeza que o placcar será muito útil.

Software de Gestão de Metas e Indicadores: a chave para manter o foco em resultados

software-de-gestao-de-metas-controle-de-metas

O placcar é software que permite a gestão de metas, através de um diagnóstico preciso e constante do negócio, das equipes e dos resultados.

Quando todos sabem todos os dias o que fazer para cumprir as metas e acompanham os seus resultados, o engajamento cresce e fica muito mais fácil alcançar os objetivos da empresa.

Clique aqui para saber como o software placcar pode auxiliar no acompanhamento de metas e indicadores

placcar
Gestão de Metas
51star1star1star1star1star
Newsletter

Newsletter

Receba novos artigos sobre Gestão de Negócios e de Equipes (grátis!)

Parábens! Seu email foi enviado com sucesso.

Share This